Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

never-a-failure-chalkboard-pixy-e1493569167196.jpg

Andei desaparecida do mundo dos blogs por uma razão muito forte, uma vez que sentia uma vontade enorme de voltar ao entusiasmo inicial. Reinventar, como escrevi neste post, não é, a meu ver, escrever sobre o mesmo, é começar de novo e voltar a fazer tudo o que tem sentido, para mim, e, sobretudo, respeitar a minha individualidade.

Estive perdida. Refugiei-me nos livros. Sim, é já um hábito. Entretanto, o tempo em que estive ausente permitiu-me refletir sobre o que me leva a manter por aqui. Tive assim uma espécie de flashback em que percebi que o problema não é o blog. Estive quase para desistir e depois quase para começar outro blog. Todos os dias pensava, desisto, começo ou mudo o ritmo dos post´s ! Mas a conclusão era sempre a mesma: tenho de continuar a escrever sobre livros. 

Para entenderem o meu dilema preciso de vos contar a história desde o início. Então é assim: a ideia de criar um blog partiu de uma conversa com uma colega de trabalho. A meio dessa conversa ela disse: Se gostas tanto de ler e falar sobre livros porque é que não crias um blog? Não me lembro exatamente qual foi a minha resposta, porém, encarei esta pergunta/observação com apreensão. Enquanto capricorniana com os pés assentes na terra, pareceu-me que existiria, na pergunta, um duplo sentido, qualquer coisa entre "é para me calar" e "julgam que não sou capaz". Eu, dada a verdadeiras prédicas sobre o livro A ou B, não podia desistir de falar sobre o que mais gosto, ora essa! Nem podia dar o braço a torcer quanto ao facto de que blogs percebia népias!!! Agora, o que foi decisivo, e que funcionou como uma espécie de ignição, foi ouvir que "isso é para jovens e que uma mãe não escreve em blogs"!!! Eu, Edite Maria, virei uma espécie de defensora da causa das mulheres que não se ficam atrás só porque sim. Isso é que era bom de ver! Posso errar e aprender com isso. Toda a minha vida foi assim - e está para nascer quem me diga o que posso ou não fazer. 

Portanto, voltando ao que me trouxe aqui inicialmente, gostaria de continuar a escrever sobre livros e sobre os meus pensamentos. Foram eles que me guiaram. São eles que demonstram quem sou e a minha vontade resiliente de aprender. Li algures que "Diz o que lês e dir-te-ei quem és", o que é certo, mas eu contraponho "Diz o que dizem os teus livros e encontrarás um sentido para um pensamento igual a ti próprio ".

Autoria e outros dados (tags, etc)


18 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.04.2018 às 11:12

Bem vida de volta 😗
Imagem de perfil

De A rapariga do autocarro a 12.04.2018 às 12:16

Temos dias em que temos temas para 10 blogues, mas não temos tempo para os alinhavar, depois andamos uma semana que nada se alinha na nossa cabeça!! 
Para quem lê muito e tem jeito para escrever sempre tem muito material, mas eu como leio muito, mas não tenho jeitinho nenhum para explanar para escrita aquilo que me fascinou ou não no livro raramente escrevo sobre o que leio, mas adoro ler quem escreve sobre livros como é o teu caso! 


Imagem de perfil

De Edite a 12.04.2018 às 20:51

É verdade que há dias em que temos muitas ideias e outros nenhuma. Ler muito pode ajudar, mas no meu caso também nem sempre tenho muito material. 
Vamos ver como corre daqui para a frente.
Obrigada
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 12.04.2018 às 13:24

E eu cá estarei para te ler.. partilho da tua paixão pelos livros e do entusiasmo pela escrita. Somos mães, somos trabalhadoras, somos mil e uma coisas e também gostamos de ter um blog, o nosso espacinho! =)
Que bom que estás decidida a ficar.
Beijinhos
Imagem de perfil

De Edite a 12.04.2018 às 20:46

Para além dos clubes de leitura a que vou, esta é a única maneira de poder falar dos livros e de interagir com as pessoas. Já no local de trabalho...verifico que muita gente não lê.
E sim, gosto do meu espacinho e de visitar o teu:) 
Beijinhos para ti e para a B*
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.04.2018 às 16:51

Admiro quem escreve sobre o que lê.
Eu leio o suficiente, mas não gosto de escrever sobre o que leio.
Penso que um escritor escreve com um sentido, o seu, e o modo como o leitor interpreta a história é, também,  a sua, pelo que gosto de perceber outras interpretações, mas ficar por aqui, isto é, não dar a minha opinião porque acho que há quem o faça muito bem.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 12.04.2018 às 16:54

Se receber um anónimo, sou eu.
Desculpe, não reparei que não tinha feito o login.
Imagem de perfil

De Edite a 12.04.2018 às 21:00

Olá anónima Maria Araújo. Não tem mal mas ainda bem que se identificou para poder responder. 
Concordo com o que escreveu e acho que hoje em dia há tantos blogs sobre livros que é impossível acompanhar. Contudo, gosto de variar e de visitar blogs pessoais, de animais (gatinhos) e de humor. No fundo, gosto de ler, escrever sobre o que vou lendo conjugando isso com outros interesses e pensamentos. O sentido do meu blog é esse. 
Beijinhos:)
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 12.04.2018 às 21:21

Há o blog Clube de Gatos do Sapo, não sei se conhece, mas espreite.
Gosto de ler o que escrevem com certeza, eu é que não sei escrever sobre os outros. Gosto mais de comentar.
Continue, eu vou estar deste lado para a ler.


Imagem de perfil

De Edite a 12.04.2018 às 22:55

Conheço sim. Já sigo há algum tempo.
Escrever implica uma rotina e se calhar deveria dar uma oportunidade. Às vezes tenho a mesma impressão sobre o que escrevo (que não sei escrever) e demoro imenso tempo a elaborar os post´s. Porém, com o tempo noto que consigo exprimir-me melhor e consigo escrever mais facilmente. 
Gosto que esteja desse lado a ler, mas não deixe, se puder e assim o entender, de tentar escrever sobre o que lhe apetecer (às vezes nós é que somos os nossos maiores inimigos).
Beijinhos
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 13.04.2018 às 17:05

Este parêntesis no comentário, é uma realidade.
Bom fim-de- semana.
Imagem de perfil

De Edite a 13.04.2018 às 22:21

Obrigada. Bom fim-de-semana
Imagem de perfil

De HD a 12.04.2018 às 20:55

Por vezes, precisamos de uma pausa para perceber que caminho devemos seguir... :-)
Imagem de perfil

De Edite a 12.04.2018 às 21:01

Já estava a ser uma grande pausa:) Senti vontade de voltar, mas fez-me bem este "retiro".
Sem imagem de perfil

De Bárbara Ferreira a 14.04.2018 às 09:42

sabes que estarei sempre aqui para acompanhar :) grande beijinho!
Imagem de perfil

De Edite a 15.04.2018 às 23:06

Oh, fiquei sem palavras...
Obrigada, beijinhos.

Comentar post




Arquivo



Mensagens