Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Para este fim-de-semana recomendo que relaxem e que aproveitem para viajar para Guernsey, uma ilha perto de França (era bom, não era?). Então, convido todos os leitores a visitar um local que, aquando da minha visita [literária], me pareceu familiar. Talvez seja apenas um sentimento, uma vontade de conhecer as pessoas ou um desejo de participar nas conversa sobre os livros. Seja o que for, é envolvente e diferente.

Sabiam que na segunda Guerra Mundial as tropas alemães ocuparam Guernsey? E que estes exigiam que os habitantes lhe fornecessem toda a comida? E que é por causa de um jantar de porco que surgiu a Sociedade Literária da Tarte de Casca Batata?

Podem ficar a saber as respostas se lerem o livro, claro. Os leitores que têm paixão por livros vão de certeza ficar com a "pulga atrás da orelha". Olhem, eu fiquei. O título despertou-me a atenção. Mais. Fui à biblioteca e durante a leitura as pessoas pareceram-me reais. Depois, cheguei a desejar receber uma cartinha igual. Só uma! (bem posso sonhar). E resumindo a história, gostei tanto que já adquiri o livro.

Para vos aguçar mais a curiosidade, e a propósito da familía Brontë, deixo-vos um excerto de uma das cartas cujo sentido de humor considero delicioso:

 

"Cara Miss Ashton

Oh, meu Deus. A Juliet escreveu um livro sobre a Anne Brontë, irmã de Charlotte e da Emily. A Amelie Maugery diz que mo vai emprestar, porque ela sabe que tenho uma predilecção pelas irmãs Brontë - coitadinhas. Só de pensar que as cinco tinham pulmões tão fraquinhos e morreram tão novas! Que tristeza.

O pai delas era um homem muito egoísta, não acha? Não se preocupava nem um pouco com as filhas - sempre sentado no escritório, a gritar que lhe levassem o xaile. Nunca se levantou para se servir sozinho, pois não? Limitava-se a ficar ali no escritório, isolado, enquanto as filhas caiam para o lado que nem moscas.

E o irmão, o Branwell, também não era lá grande coisa. Sempre a beber e a vomitar nos tapetes. Elas tinham de andar a limpar o que ele sujava. Era um rico trabalho para as senhoras Autoras!

Acredito piamente que com dois homens daqueles em casa e sem grandes possibilidades de conhecerem outros homens, a Emily só podia inventar o Heathcliff! E que excelente trabalho ela fez. Os homens são mais interessantes nos livros do que na vida real (...)".

 

Este livro, que está no Plano Nacional de Leitura, é um livro que todos devem ler.

Eu já li e vocês?

 

Bom fim-de-semana e boas leituras.

 

sociedade literária.jpg

 *Livro lido sem opinião escrita (ainda) aqui no blog

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De Chic'Ana a 04.05.2018 às 10:40

Eu ainda não li, mas já o coloquei na lista =)
Beijinhos
Imagem de perfil

De Edite a 06.05.2018 às 20:50

É muito relaxante ler este livro. Tens de ler.
Beijinhos
Imagem de perfil

De HD a 04.05.2018 às 20:33

A viagem não era má, mas tenho de me contentar em ler alguma coisa no meu sofá :-D
Imagem de perfil

De Edite a 06.05.2018 às 20:49

É essa a ideia

Comentar post





Arquivo



Mensagens




O que estou a ler...

image.jpg