Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




kyoto.jpg

Opinião: Kawabata foi um escritor japonês que recebeu o prémio Nobel da literatura em 1968. Depois de ler um livro pequeno como "Terra de Neve" resolvi ler outro igualmente pequeno. Escolhi o mesmo autor porque queria conhecer um pouco mais a escrita e a razão para lhe ter sido atribuído o prémio nobel.

 

Este romance tem como pano de fundo a cidade de Kyoto, os seus festivais, os feriados religiosos e a Natureza. Nele é narrada a história de duas irmãs gémeas, a Chieko e a Naeko, que não sabem da existência de uma da outra, uma vez que foram separadas quando ainda eram crianças.Chieko vive com os pais adotivos e o pai é comerciante de quimonos. Naeko ficou na aldeia de Kitayama e a sua vida é modesta.

 

Tal como em Terra de Neve, Kawabata faz muitas descrições da natureza. Gostei especialmente da parte em que Chieko e os pais vão a um jardim para verem as cerejeiras em flor. Aliás, a observação da natureza faz parte da vida desta família e é ainda uma fonte de inspiração para a criação dos desenhos dos obis (que servem para colocar na cintura). Porém, a modernização ameaça este negócio e Takichiro pondera se deve manter ou não a sua loja. Hiedo, filho de um amigo, dá algumas sugestões de desenhos mais modernos.

 

Chieko acaba por conhecer Naeko no templo de Yasaka e constata que são muito parecidas. É então que descobre que se trata da sua irmão gémea. Naeko vive uma vida simples e tenta sempre manter-se no seu lugar, uma vez que considera que a irmã possui um estatuto social superior ao seu.

 

Um livro pequeno para ler com calma e que dá a conhecer um pouco mais o Japão logo a seguir à Segunda Grande Guerra. Infelizmente foi um dos últimos trabalhos de Kawabata antes do suicídio em 1972.  

   

Classificação:

Livros em Gifs e Png (38) (1).gif

 3 estrelas.png

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De Existe um Olhar a 12.07.2018 às 10:47

Fiquei logo curiosa ao ler o título do livro e o enredo e por dois motivos:
Primeiro porque um dos escritores que gosto de ler, Haruki Murakami, nasceu nessa cidade e segundo por que foi uma cidade que já visitei e adorei
Deixo-te o link de uma foto que tirei na estação dessa cidade

https://existeumolhar.blogs.sapo.pt/estacao-ferroviaria-de-kioto-504702

Continuação de boas leituras!
Bjs Edite
Imagem de perfil

De Edite a 12.07.2018 às 21:54

É um livro que vais gostar, certamente. É algo poético e só uma alma contemplativa (como a tua) podem apreender os detalhes. Esta história é mais interessante do que a Terra de Neve. Eu gostei de ambos, mas teria de os reler novamente e com muita calma. Infelizmente não eram meus (talvez os venha a comprar no Olx) e o tempo também não é muito.
Dei  uma olhadela às tuas fotos e é inacreditavel a arquitetura tão futurista. Captas-te muito bem o design da estação. Acho ainda muito interessante o contraste entre o moderno e a tradição. 
Obrigada pela partilha.
Um beijinho, Manu.
Imagem de perfil

De HD a 12.07.2018 às 20:23

As descrições da Natureza são estão sempre presentes, os japoneses são de outro nível... :-)
Imagem de perfil

De Edite a 12.07.2018 às 21:39

Dizem que faz bem à alma e que mantem a mente sã. Portanto, temos de aprender com a sabedoria milenar dos japoneses

Comentar post



foto do autor



Arquivo



Mensagens




O que estou a ler...

1507-1 (1).jpg