Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




20190126122759_IMG_0740.JPG

Este mês comprei três livros com 50 % desconto. Por coincidência (ou não) são livros escritos por mulheres e a única que conheço é Nicole Krauss, em "A História do Amor".  Quando li este livro fiquei encantada com a sua escrita e, depois de uma pesquisa, surpreendou-me o facto de esta ser casada com Jonathan Safran Foer, escritor de "Extraordinariamente Alto Incrivelmente Perto", que tinha lido algum tempo antes. Recordo-me que na altura me interroguei como seria a vida de um casal de escritores, se seriam felizes com os sucessos de cada um ou se isso não traria alguns atritos, tal como acontece com os atores e as atrizes, aliás como acontece em qualquer profissão em que ambos os conjugues trabalhem no mesmo ou lado a lado. São coisas que me passam pela cabeça, é certo, porque a vida é a vida e, quer se queira quer ou não, acontece a todos nós, e também a grandes escritores. 

 

Relativamente aos outros dois livros, não pesquisei nada, mas ouvi falar neles em blogs e nas redes sociais, pelo que espero que não me desapontem. Ainda que assim seja, vale sempre a pena conhecer novas escritoras.

 

Já me disseram que compro livros por comprar, que tenho muitos livros para ler e ainda que, a continuar assim, não vou conseguir ler tudo. Eu sorrio e não respondo.Contudo penso, que os livros e os pensamentos andam sempre juntos, e o que penso é muito simples:

Compro porque sim, porque posso e porque me apetece e sobretudo porque os livros não são interesseiros nem nos abandonam quando mais precisamos.

#livrosamaisnaoexiste


8 comentários

Imagem de perfil

De Há luz da pena a 29.01.2019 às 09:24

Bom dia, como vai? Ninguém tem nada que dizer isso de si. Nem que seja para eu ler o seu post e para saber que a escritora casou com o escritor e para possivelmente pôr na minha lista os "palpites" que aqui menciona. Obrigada e um resto de boa semana.
Imagem de perfil

De Edite a 29.01.2019 às 22:34

Olá. Concordo, ninguém deve dizer estas coisas a uma apaixonada por livros. 
Ainda bem que gostou do post que reflete os pensamentos que me surgem esporadicamente. Quanto aos escritores de que falei, divorciaram-se em 2014. É a vida.


Obrigada e uma ótima semana, em boa companhia.
Sem imagem de perfil

De Bárbara Ferreira a 29.01.2019 às 14:50

O casamento deles terá tido os seus momentos, como todos, mas divorciaram-se há uns anos :)


Quanto a comprar muitos livros... desde que não entres em insolvência! Sê feliz :)
Imagem de perfil

De Edite a 29.01.2019 às 22:30


Bárbara, há quanto tempo não falamos. Que boa esta visita! Tenho ido ao teu blog sem deixar qualquer rasto, shame on me! Mas hei-de retribuir a visita um dia destes, fica prometido.


Não sei se sabes, mas adoro comprar livros em promoção . Acho que é uma sensação melhor do que a de comprar roupa. 


Mas sem entrar em insolvência, claro. Sou até bastante controlada. Espero sempre por estes descontos ou pela Feira do Livro. 


Um beijinho.


Sem imagem de perfil

De Bárbara Ferreira a 30.01.2019 às 12:29

É verdade, Edite! Espero que esteja tudo bem :)


Também partilho da mesma perdição - é uma tentação horrível e difícil de resistir... mais do que roupa. Tenho mesmo demasiados livros por ler em casa, entre os meus e os do meu namorado, e devia mesmo controlar-me, mas há sempre algo que escapa ao meu controlo! :)


Beijinhos!
Imagem de perfil

De Edite a 30.01.2019 às 21:08

É mesmo muito difícil resistir
Eu estou em estado «Frodo», só que o " my precious" é susbstituído por "moore books".
Sem imagem de perfil

De Bárbara Ferreira a 31.01.2019 às 11:57

Falta um Sam para nos controlar!

Comentar post






Mensagens