Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




kyoto.jpg

Opinião: Kawabata foi um escritor japonês que recebeu o prémio Nobel da literatura em 1968. Depois de ler um livro pequeno como "Terra de Neve" resolvi ler outro igualmente pequeno. Escolhi o mesmo autor porque queria conhecer um pouco mais a escrita e a razão para lhe ter sido atribuído o prémio nobel.

 

Este romance tem como pano de fundo a cidade de Kyoto, os seus festivais, os feriados religiosos e a Natureza. Nele é narrada a história de duas irmãs gémeas, a Chieko e a Naeko, que não sabem da existência de uma da outra, uma vez que foram separadas quando ainda eram crianças.Chieko vive com os pais adotivos e o pai é comerciante de quimonos. Naeko ficou na aldeia de Kitayama e a sua vida é modesta.

 

Tal como em Terra de Neve, Kawabata faz muitas descrições da natureza. Gostei especialmente da parte em que Chieko e os pais vão a um jardim para verem as cerejeiras em flor. Aliás, a observação da natureza faz parte da vida desta família e é ainda uma fonte de inspiração para a criação dos desenhos dos obis (que servem para colocar na cintura). Porém, a modernização ameaça este negócio e Takichiro pondera se deve manter ou não a sua loja. Hiedo, filho de um amigo, dá algumas sugestões de desenhos mais modernos.

 

Chieko acaba por conhecer Naeko no templo de Yasaka e constata que são muito parecidas. É então que descobre que se trata da sua irmão gémea. Naeko vive uma vida simples e tenta sempre manter-se no seu lugar, uma vez que considera que a irmã possui um estatuto social superior ao seu.

 

Um livro pequeno para ler com calma e que dá a conhecer um pouco mais o Japão logo a seguir à Segunda Grande Guerra. Infelizmente foi um dos últimos trabalhos de Kawabata antes do suicídio em 1972.  

   

CLASSIFICAÇÃO:

 3 estrelas.png

 

 

 





Mensagens