Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



images.jpg

Estou um pouco atrasada nos post´s aqui no blogue, mas não quero iniciar este ano sem deixar de falar nas leituras que fiz no âmbito do Clube dos Clássicos Vivos e do Livro Secreto.

Aderi ao CLUBE DOS CLÁSSICOS VIVOS em dezembro de 2016 e, durante o ano 2017, foram votados vários títulos pelos membros. O período de votação é sempre de dois em dois meses de forma a dar tempo de ler e discutir as obras escolhidas. 

Tenho acompanhado esta iniciativa da Cláudia (a mulher que ama livros) e da Carolina (Hollyreader) com entusiasmo. 

 O que mais gosto neste grupo ou clube tem sido o incentivo à leitura de clássicos.

Durante o ano, li 5 clássicos (li mais mas estes foram os escolhidos pelos membros do Clube no goodreads).

A leitura que mais me surpreendeu foi a de Dom Casmurro.

A que mais me desiludiu foi O vermelho e o Negro.

Apenas houve uma releitura com O crime do padre amaro

Paris é uma festa e uma  Boneca de Luxo foram os que gostei menos, mas considero que são importantes para conhecer os respetivos autores.

 

Curiosamente, no LIVRO SECRETO do eagora?sei lá, li mais 3 clássicos que me surpreenderam. Estou a referir-me a EmigrantesO velho e o mar e a Bichos. Fantásticos, mesmo, têm de ler. 

Desde Fevereiro de 2017, altura em que aderi ao grupo, li 10 livros.

Nuns chorei (Às terças com Morrie) e noutros ri a bom rir ( Obrigada pelas recordações).

Gostei muito de uns, outros nem tanto. Todos foram importantes à sua maneira e por isso nunca desisti nem deixei de ler nenhum.

O que mais gosto neste grupo é da surpresa no correio, pois não sabemos o livro que vamos ler nesse mês, nem o autor que vamos conhecer.

Posto isto, atendendo a que li bastante mais clássicos e livros que sairam da minha zona de conforto do que em anos anteriores, considero que o balanço geral não poderia ser mais positivo.

Resta desejar que o 2018 traga, igualmente, muitas e boas leituras.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor



Arquivo



Mensagens