Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Livro Pensamento

O Livro Pensamento

18.Mai.17

A praia das pétalas de rosa, de Dorothy Koomsom

edite
Já li dois livros desta autora e, como gostei da sua escrita, resolvi arriscar a ler mais este. Adorei a capa. Acho-a muito alegre e colorida. Porém, á não considero o seu conteúdo leve. Este romance é um pouco um pouco triste e denso, e as personagens são psicologicamente complexas. Aviso que a minha opinião é um pouco suspeita, dado que odiei (bastante) o Scott, marido de Tamia, e embirrei com as atitudes dela (Tamia.).Para quem não conhece, esta escritora costuma escrever (...)
11.Mai.17

Mors Tua, Vita Mea, de Vanessa Santos

edite
Começo por fazer uma referência à capa, pois acho-a muito bonita, e transmite, perfeitamente, a ideia de que o livro é sobre uma história com armas e, evidentemente, sobre um crime.  Na badana deste livro podemos ler : "Vanessa Santos é natural de uma das freguesias mais antigas da cidade de Leiria, Cortes. Ao longo dos anos, foi descobrindo o gosto pela leitura, tendo concluído, que o seu gosto e género literário pende, essencialmente, para o thriller, terror, ficção (...)
10.Mai.17

O Vendedor de Passados, de José Eduardo Agualusa | Livro secreto # 2 |

edite
  Achei a escrita brilhante, algo poética, e muito original, mas isso não aconteceu logo, nem foi "amor" à primeira vista. Aprendi a gostar quando "digeri" a história e, a certa altura, percebi a estrutura da narrativa. Portanto, no início, estranhei e não conseguia perceber bem quem, onde e porquê, nem a razão de estranhar tanto as palavras. Na leitura, andei como se estivesse perdida à procura da rua certa e a navegar na incerteza (Será bom? Será mau?). No entanto, mantive a (...)
03.Mai.17

O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá, de Jorge Amado

edite
Se têm um clube de leitura e se o tema sorteado é animais, podem optar por este livro, bem pequenino, que se lê num ápice. Foi o que fiz, em janeiro deste ano, para o Clube das Conversas Livrásticas e espero, sinceramente, que não enjoem com mais uma conversa estória sobre gataria, até porque li no início do ano e começo a ficar assoberbada com a quantidade de livros, lidos, sem a minha modesta apreciação. Bom, retomando o que disse no início quanto à gataria, não estamos (...)
01.Mai.17

Os sonhos que tecemos, de Kate Alcott

edite
Hoje, dia 1 de maio, é dia do trabalhador, mas, sem me armar em feminista (só que sim!), acrescento "e da trabalhadora" (é só um preciosismo, eheheh). A propósito deste dia, quero falar do livro "Os sonhos que tecemos", de Kate Alcott (pseudónimo da jornalista Patricia O`Brien). Apesar de ter sido uma leitura leve e de entretenimento (quase " literatura fast food", como lhe costumo chamar), não deixa de ter um interessante background histórico, em concreto, a Revolução (...)
20.Abr.17

Crime e Castigo, de Fiódor Dostoievski

edite
Um livro que começa com um crime e em que estamos na mente de quem o vai cometer?! Sim, é isso mesmo. Esta foi a minha estreia com os clássicos russos (falha minha, eu sei, mas mais vale tarde do que nunca) e eu adorei a história, as personagens e o final. Foi tão bom voltar a ler um livro cuja história é tão, mas tão envolvente! Mas, uma vez que a pressa é inimiga da perfeição, quando fechei o livro fiquei plenamente convencida de que o terei de reler de forma a saborear (...)
11.Abr.17

O Diário Oculto de Nora Rute, de Mário Zambujal | Livro secreto # 1 |

edite
Este foi o primeiro Livro Secreto que chegou à minha caixa de correio. Trata-se de o diário de uma jovem que, no ano de 1969, vai relatando os seus segredos escândalos, bem como alguns acontecimentos. A ida do homem à lua é um deles e penso que, mesmo quem não viveu naquele período, pelo menos já ouviu falar de algumas coisas. Lembro-me especialmente de uma professora contar situações relacionadas com a minissaia e com as calças à boca de sino. Era comum as jovens serem (...)
30.Mar.17

O convidador de pirilampos, de Ondjaki

edite
Este livro é simplesmente surpreendente. A história, que julgamos ser dirigida apenas a crianças, é interessante para os adultos, uma vez que possui frases que nos levam a refletir enquanto admiramos as ilustrações maravilhosas.  Um menino tem medo do escuro e gosta de "cientistar" e, tal como um cientista verdadeiro, "inventa" objetos para conversar com os pirilampos. O seu avô acompanha-o e vai fazendo perguntas ao neto. A relação entre os dois, a criatividade do neto e a (...)
27.Mar.17

História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis Sepúlveda

edite
Antes que pensem que ando obcecada com gatos, relembro que pertenço a dois Clubes de Leitura e, para o Clube de Leitura Conversas Livrásticas, no mês de fevereiro o tema foi: animais. Eu selecionei apenas dois livros pequenos, este, o do Gato Malhado, e o conto de Edgar Allan Poe (aqui). A história da gaivota e do gato é, além de uma fábula, uma linda lição, uma vez que dois seres tão (...)
22.Mar.17

Paris é uma festa, de Ernest Hemingway

edite
Quando olhei para a capa e para o título julguei tratar-se de um romance e iniciei a leitura com essa expetativa. Só depois verifiquei que a obra se baseia em factos reais e que estamos perante as memórias do próprio Hemingway. No início do livro, o autor refere que poderá ser considerada uma obra de ficção. No entanto, acredito que essa afirmação fosse fruto do distanciamento temporal, uma vez que Hemingway escreveu as memórias parisienses perto dos 60 anos. Nessa altura (...)