Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Livro Pensamento

O Livro Pensamento

Seg | 16.10.17

O leitor do comboio, de Jean-Paul Didierlaurant

edite
Sinopse : aqui. Opinião: Sabemos que as experiências de leitura não são todas iguais e que uns dias correm melhor e outros pior. Creio que este livro costuma agradar à maioria, mas o meu pensamento está a seguir um caminho difícil. Ainda assim, levanto um bocadinho o véu de aspetos positivos a destacar: a capa é apelativa, a escrita é acessível e os personagens fáceis de imaginar.  O (...)
Qui | 12.10.17

Escritores contemplados (ou não) com o prémio agridoce

edite
116 anos. Há mais de um século que a Academia Sueca escolhe um escritor e atribui o Prémio Nobel. Polémicas. Aplausos. E muitos escritores que mereciam o prémio e que foram omitidos, como Marcel Proust, James Joyce, Vladimir Nabakov, Franz Kafka, Liev Tolstói, entre muitos outros. A última polémica foi com a atribuição do prémio a Bob Dylan, lembram-se? Pois é, foi um assunto (...)
Qua | 11.10.17

O Homem Mais Inteligente da história, de Augusto Cury

edite
Sinopse: aqui. Opinião:Ao abordar um tema da Ciência e da Religião, algo que não se mistura como água e azeite, despertamos para ensinamentos e pensamentos inusitados. "Não neguem à partida uma ciência que desconhecem", nem entrem com ideias preconcebidas. Afinal, a beleza dos ensinamentos de Jesus são bem mais profundos e íntrisecos. A luz da sua sabedoria é, pasme-se, a sua (...)
Sex | 06.10.17

Emigrantes, de Ferreira de Castro | livro secreto # 5

edite
Opinião: Começo por avisar: nunca se deve julgar um livro pela capa porque o que conta é o conteúdo. Este livro é um livro secreto e veio parar a minha casa há uns meses atrás. Abri muito rapidamente o embrulho que continha o livro, porém, a ilustração na capa desiludiu-me logo e, naquele instante, pensei: é um livro da escola! Esta foi a primeira impressão. Quando comecei a ler o primeiro (...)
Seg | 02.10.17

A rapariga de antes, de JP Delaney

edite
Sinopse: aqui. Opinião: O título e a sinopse já revelam um pouco a história, mas assim que abri o livro percebi que não estava preparada para me "enervar", especialmente quando comecei a ler um capítulo em que a narrativa é feita sob o ponto de vista de Emma (no passado) e a seguir outro sob o de Jane (no presente). Esta alternância entre as duas habitantes do 1.º Folgate (...)
Ter | 12.09.17

O vermelho e o negro, de Stendhal

edite
Opinião: Stendhal tinha 47 anos quando escreveu "O Vermelho e o Negro". Este romance histórico-psicológico foi publicado em 1830. Hoje em dia, seria descrito como uma história de amor "baseado em factos verídicos", uma vez que Stendhal ter-se-á inspirado no caso de Antoine Berthet. Tal como Julien, Berthet era um jovem que ingressou num seminário e, depois, foi perceptor e amante de madame Michoud. Mais tarde vinga-se nesta e atira durante a missa. O seu julgamento ocorreu em (...)