Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Livro Pensamento

O Livro Pensamento

Ter | 10.10.17

Línguas-de-gato | Alguém como eu # 40

edite
Era preciso mudar. Aqui, em casa, fizeram-se arrumações de roupa e limpezas. Ai, a preparação para o Outono e a novas temperaturas!!!Pruuu. Pruuu. O maior problema, dizem os humanos, é que nesta altura aumenta a queda de cabelo e, claro, de pelo. Ah, ainda bem que este ano me livrei da tosquia habitual. Pruuu. Pruuuu. Também não pode ser todos, todos, os anos. No entanto, acho que os humanos encomendaram um aspirador de gatos como este 
Ter | 18.07.17

Línguas-de-gato | Estou cansado de tentar perceber os humanos # 37

edite
Esta semana não tenho muito para contar. Só uma coisinha. Nada de importante. Nem sei se fale nela. Não interessa mesmo nada. Sou um gato educado e nem costumo cometer inconfidências, mas miau... custa um bocado não ter ninguém com quem desabafar. O Amado gato falou tudo o que quis e lhe apeteceu e ando um bocado consumido com a história. Miar muito pode ser complicado por aqui (não sei se não me alteram a voz 
Ter | 11.07.17

Línguas-de-gato | Os humanos divertem-se e os gatos aborrecem-se # 36

edite
Os humanos, cá em casa, apreciam muito a vista da janela da cozinha. Veem o eucaliptal e vários animais que aí habitam, como coelhos bravos e, ultimamente, um coelho grande, gordo, branco e amarelo. Dizem que fugiu de alguma coelheira vizinha. Dizem ainda que está bem tratado e que constuma mordicar folhas tenrinhas na companhia dos outros coelhos, pequenos, mas bravos. Os humanos falam que só se conseguem ver bem os coelhinhos bravos quando estes fogem, pois, como são cinzentos, o (...)
Ter | 04.07.17

Línguas-de-gato | Dar o doce na cauda? # 35

edite
Gosto de ser gato. Gosto mesmo. Se penso noutro bicho logo se me eriça o pelo de desgosto. Nenhum é tão bonito, fofo, fiel, amigo, antistress e companheiro, como O Gato. Quem tem um tem tudo. Mas se procuram outras razões, saibam que ter um gato é sempre melhor do que: ser pobre, ter emprego abaixo de cão, ser gago, ter problemas de visão, entre outras razões que existem neste livro aqui. Ninguém me paga (...)
Ter | 27.06.17

Línguas-de-gato | O amor está no ar #34

edite
Olá. Estou de volta. Tenho feito muito desporto. Sofá, sala, cozinha e vice-versa. É um desafio e tanto, especialmente com tanto calor. Abanar a cauda não dá resultado. Já comprovei isso. Então, procuro sítios bem fresquinhos para me deitar todo esparramadinho. Que bem que sabe! (Que pena não poder despir o meu fato de pelo). Já a Pipoca, essa anda na sua vida apaixonada e irrita-me até aos pelos finais do bigode com tanta pergunta sobre o Amado gato da vizinha. Se pudesse, (...)
Ter | 30.05.17

Línguas-de-gato | O Amado da gata maravilha# 33

edite
Olá. Estou de volta. Depois de ter andado bugado de todo, sinto que tenho de vir miar as últimas novidades. Lembram-se de vos ter contado a história da Pipoca (aqui)? Imaginem que ela agora criou uma página de facebook só para ela e convidou todas as gatas da vizinhança? E partilham vídeos de forma exclusiva, ou seja, só para gatas. Vocês, humanos, entendem melhor se vos falar da (...)
Ter | 23.05.17

Línguas-de-gato | O amor não é para gatos # 32 |

edite
Ando nas nuvens. Dá gosto olhar pela janela e ver os pássaros e as flores. Deito-me ao sol. A dormir. A sonhar. Ultimamente sonho muito, sabem? A minha dona diz que ando bugado e eu fico a olhar para ela com bigodes de espanto. Às vezes não percebo os humanos e eles tão pouco entendem o que se passa à sua volta. Neste caso aparento serenidade, pois no meu interior algo se está a passar. O som da sua voz fica muito tempo no meu ouvido. O feio tornou-se belo. Até a andorinha, se (...)
Ter | 16.05.17

Línguas-de-gato | Estou bugada! # 31

edite
O Senhor Gato anda muito estranho, cada vez mais. É difícil fazer as vontades todas e nem sempre tenho paciência para tanta mimalhice. Como ele anda bugado (que isto de vírus ou viroses está em alta) e, não quer ouvir nem miar, eu assumo, hoje, o comando deste computador, o que, bem vistas as coisas, me permite divagar um pouco, colocando por palavras o que me circula no pensamento por vezes congestionado. Mas, por falar em bug, a vítima do bug informático pode ser comparada a uma (...)
Ter | 09.05.17

Línguas-de-gato | Pesadelo na cozinha # 30

edite
Olá. Disponho de pouco tempo para vos miar qualquer coisa, pelo que me lembrei dos últimos acontecimentos. Não é o que estão a pensar, pois o pesadelo na cozinha é um programa sobre uma realidade na qual ainda não ponho a minha patinha direita. Parece-me demasiado estranho os humanos sujeitarem-se e exporem-se a comentários ou até ao encerramento do seu estabelecimento pela ASAE. Os humanos deveriam ter um pouco de noção e pensar que o dinheiro não é tudo. A remodelação de (...)