Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Livro Pensamento

O Livro Pensamento

Somos Todos Idiotas, de Diogo Faro #11



Como referianteriormente: «De tolo e de louco todos temos um pouco» (ver post Furiosamente Feliz). Este chavão popularexiste há muito tempo porquê? Porque é preciso que tenhamos consciência de quetodos possuímos um traço no nosso ADN com estas duas características. Eu quase que apostariaque este livro se devia chamar «Somos todos tolos», pois enquanto lia ascrónicas veio-me à cabeça (várias vezes) a palavra baselga. Não sei porque razãoeste pensamento surgiu repetidamente, pois baselga não tem nada a ver e querdizer barrigudo. Então fiquei a pensar: será que estou a ser idiota? Fuigooglar idiota («provem do grego idiótes e significa aquele que é pouco inteligenteou não tem bom senso».) e depois tolo («aqueleindivíduo que diz ou faz asneira e que não tem inteligência ou juízo»). Humm,pensei eu, esta última palavra assenta que nem uma luva mas se calhar é um preciosismoda minha parte….É que uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa, nãoserá?
Título à parte, Diogo Faro, num tom muito [bué] sarcástico, apresentanas suas crónicas as várias «espécimes» de idiotas que existem por aí, dosquais há a destacar: os betos, os hipsters, os mitras, os viciados em ginásio eem redes sociais, as mães defensoras da amamentação, os aficionados na tourada e os espremedores de borbulhas em público.
Citação: «Mas será que não somos todos idiotas? Somos todos,acima de tudo, hipócritas».
Pensamento: Gosto de baselga,soa bem (Eeheh, Diogo Faro esqueceu-se deste espécime).



2 comentários

Comentar post