Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O tempo

03.10.16

Este tempo (in)certo
pode provocar (in)certezas.
É que não podemos perder tempo
ou ter tempo para surpresas.

É que não podemos
ganhar tempo ou perder .
É que não há tempo,
sem tempo para viver.

Algum tempo,
é viver um pouco.
Não aproveitar o tempo,
é ser louco.

Mas o meu
tempo é teu,
Como o teu,
É meu também...

Não, não é de mais ninguém.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Malik a 05.11.2016 às 22:36

Gosto, muito bom!
Sem imagem de perfil

De edite a 07.11.2016 às 16:46

Ainda bem que gostou deste poema. É bom ter quem aprecie o que escrevemos.
Muito obrigada pela visita:)

Comentar post



foto do autor



Arquivo



Mensagens