Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




adeus amanhã.jpg

Hoje, vamos terminar a rubrica "O que dizem os teus livros" com o Rui Sousa. Convicto de que os seus sonhos se irão realizar, ele é escritor, nas horas vagas, e no facebook, na página Onemanbook, vende o que escreve. É, leram bem. Os livros são escritos, colados, cortados, cozidos e vendidos pelo próprio.A paixão pela escrita, aliada ao gosto pela leitura, é a sua forma de estar e demonstrar uma certa rebeldia perante as regras impostas pela sociedade. Sem amarras, e de livre e espontânea vontade, aceitou responder às perguntas, que se seguem: 

 

Desde que idade tens uma paixão por livros? 

R:Desde muito novo. Apaixonei-me por eles quando descobri que eles eram capazes de me entender, o que na altura era coisa rara pois nem eu me entendia a mim próprio.

 

Qual o tipo de livro que costumas ler?

R: Gosto de livros que me empurrem, que me provoquem e me obriguem a lutar ou a dançar ou a amar com eles. Preciso de me sentir desafiado. 

 

O que gostas mais durante  a leitura? 

R:Quando o livro me transporta para bem longe da banalidade e dos lugares comuns do meu dia-a-dia.

 

Quais os fatores que influenciam a escolha de um livro? 

R: Normalmente escolho um livro baseado no livro anterior que li. Procuro um autor com referências semelhantes ao anterior. Não ligo a capas nem a top's nem a toda essa teia de enganos que apenas serve para manter o sistema a funcionar.

 

Descreve sentimentos que só um leitor entende. 

 R: Para mim um bom livro é um espelho. Não me refiro ao espelho no sentido narcisista, refiro-me ao facto de nós nunca sermos capazes de nos olharmos a nós próprios nos olhos. É algo que me obriga a encarar a minha realidade através das palavras e a ver para além dos muros da minha ignorância. Ler é viajar e perder-se no nosso labirinto de emoções.

 

As histórias, por vezes, têm uma enorme carga emocional. Já alguma vez choraste ou riste? Se sim, quais foram os livros em que isso aconteceu? 

R: Se isso não acontece durante a leitura então não vale a pena ler nada.A primeira vez que chorei foi a ler o Fernando Pessoa, na minha adolescência, e isso, para o bem e para o mal, fez de mim aquilo   que hoje sou.

 

O que dizem os teus livros? 

R:Os meus livros, aqueles que mexem mesmo comigo, tal como as pessoas que realmente admiro, dizem sempre aquilo que lhes apetece.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Imagem de perfil

De Pedro a 10.01.2017 às 08:44

Bom dia Edite,
é a última edição desta rubrica, é isso? :-/
Imagem de perfil

De Edite a 10.01.2017 às 09:51

Bom dia, Pedro.
Sim, é a última. Sei que tem tido muito boa aceitação e que já mereceu dois destaques (o que me fez muito feliz e que agradeço imenso pelos quilos de carinho com que fui recebida), mas estas entrevistas fazem parte de um estudo que irei fazer e, se forem muitas, depois é difícil tratar os dados recolhidos. Em breve conto publicar aqui um post com o resultado. Image
Tenho planos para uma próxima...com outro tipo de perguntas, parece-te bem? 
Beijinhos




 
Imagem de perfil

De Pedro a 10.01.2017 às 10:59

Combinado :)
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 10.01.2017 às 10:15

Não conhecia, mas hoje em dia são raras as pessoas que o fazem assim com tanta dedicação.
Edite, não consigo visualizar a página..
Beijinhos
Imagem de perfil

De Edite a 10.01.2017 às 10:26

Obrigada Ana. Sempre atentaImage. É, o Rui é uma pessoa que vive a escrita, com muita dedicação, e tem uma enorme paixão por livros.
Beijinhos
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 10.01.2017 às 10:27

Obrigada eu, agora sim, já posso ir investigar! =)
Beijinhos

Comentar post



foto do autor



Arquivo



Mensagens