Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Livro Pensamento

O Livro Pensamento

Dom | 18.12.16

O que dizem os teus livros? (6)

 


Hum. Estas prendinhas são fantásticas e, como estamos perto do Natal, estou a começar a pensar numa para me oferecerem, pode ser Marta? Vá lá, eu sei que sou chata, mas eu porto-me bem!!! Bem, poderia continuar eternamente a pedinchar, mas o que eu quero,neste Natal, é falar de livros, pelo que vamos conversar um pouco com a Marta do blogue fashionoir sobre isso. É óbvio que gosto de moda (para não fazer má figura) e por isso, vou acompanhando a Marta e seguindo as novas tendências. Mas vamos lá a isto: a Marta é muito simpática e apresenta-se como consultora de moda que adora "rir à gargalhada, sol, moda,comida, livros, sapatos, amigos, viagens, a minha gata, dormir, anéis,escrever, vernizes, namorar, cinema, yoga, caipiroskas fresquinhas, dançar,malas, o mar, gomas, música, não necessariamente por esta ordem!:)". 

Desde que idade tens uma paixão por livros? 
M: Desde sempre, acho. Recordo-me dos meus pais contarem quequando aprendi a ler lhes contava histórias que decorava, por isso imagino que já lesse nessa altura. Quando era criança devorava BD (o Tio Patinhas, aMónica, etc.) e a transição foi muito natural.
 
Qual o tipo de livro que costumas ler?
M: Romances, mas não dos de cordel. Gosto, sobretudo, de livros sobre emoções, relações humanas, a sociedade ou o indivíduo. Gosto de que nos façam pensar e questionar e que me mexam cá dentro.


O que gostas mais durante  a leitura? 
M: De tudo é uma resposta muito básica? JGosto de ser colocada perante outros cenários, gosto de ser levada pela mão do autor, gosto de viver histórias e sentimentos longínquos.
 
Quais os fatores que influenciam a escolha de um livro? 
M: Por vezes leio críticas a um ou outro livro e fico com curiosidade em lê-lo, outras vezes por recomendação dos amigos, que sabem o tipo de literatura de que gosto. Também tenho os meus escritores de eleição, aquem volto recorrentemente. E já me aconteceu ler um livro porque ele me‘chama’ (acho que quem lê sabe qual é a sensação) ou então, porque li um excerto e pensei: ok, tenho de ler isto.


Descreve sentimentos que só um leitor entende. 
M: Uma das coisas fabulosas dos livros, de todos os livros, é que cada um deles conta 'apenas' uma história, mas as interpretações dessa história serão tantas quantas os seus leitores. O que significa que, ao contrário do cinema ou da televisão, em que a história nos é apresentada, nos livros os leitores seguem um fio condutor comum - a história - mas, a partir daí, é a mente de cada um que faz o resto. Maravilhoso, não é?
 
As histórias, por vezes, têm uma enorme carga emocional. Já alguma vez choraste ou riste? Se sim, quais foram os livros em que isso aconteceu? 
M: Claro! Já chorei e ri muitas vezes a ler, felizmente. Mas jáli tanto que me é difícil lembrar de todos. No entanto, lembro-me, por exemplo,de ter rido a ler Caim, de AntónioSaramago,  ou o Navegador Solitário de João Aguiar. Chorei a ler livros como Paula, de Isabel Allende, Homer&Langley, de E. L. Doctorow, ou  Daqui anada, de Rodrigo Guedes de Carvalho.

O que dizem os teus livros? 
M: Dizem que amo ler. E que a minha grande paixão e curiosidade são sempre as pessoas e as suas vivências. No fundo, acho que é isso que meapaixona (também nos livros): ler outras versões, visões, tentar armazenar e compreender.


***
A pergunta surpresa, totalmente inventada por mim, e a Marta que me desculpe por tamanho absurdo, consiste no seguinte: Marta, qual o livro que escolherias para levar a um desfile da Victoria´s Secret? 
Para um desfile da Victoria's Secret escolheria um livro, possivelmente escrito pelo Gustavo Santos, com o seguinte título: 'Como aprender em 2 minutos a não detestar as modelos da Victoria's Secret'. Ahahah, obviamente estou a brincar!
Faria o que faço normalmente, ou seja, far-me-ia acompanhar do livro que estou a ler no momento. No caso, Flores, do Afonso Cruz.
 


Muito obrigada, do fundo do .