Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Depois de mais uma semana estafante, sempre a dormir e sem nada para fazer, fico sempre em pulgas, passo a expressão, para movimentar uma patinha. É assim, com agrado, que miado à parte, consigo despertar da letargia de gato e aparecer com boa disposição e com as habituais línguas-de-gato da semana. É um pouco estranho o assunto que vou abordar hoje, mas foi o que despertou o sentido felino, aquele em que deteto coisas insólitas. Então, que tal falarde transparências? Podia falar de roupa, mas eu tenho pelo e apenas, no inverno, adoro uma boa mantinha. Portanto, a transparência não é na roupa. Será sobre uma casa do futuro, como na distopia, no livro Nós, de Zamiatine? Não é.Mas está mais perto. Trata-se da mais recente atração de Changsha, na China, a saber:uma casa de banho transparente. O meu interesse recaiu sobre isto, porque a casa de banho é pública, é em vidro e qualquer pessoa, que passe, consegue ver quem está a usar. Muito interessante. Estamos a caminho do futuro. Mas lembrem-se que, nas línguas-de-gato, há sempre outra história associada: igualmente sobre transparência e que, também, se poderá considerar que envolve um vidro (porque pode estalar ou partir). Dou uma pista: o PR vetou o diploma que previa que o Fisco tivesse acesso aos saldos bancários dos contribuintes com mais de 50 mil euros. O que não sabem, se eu disse tudo agora? O meu feitio felino diz que ainda não se aperceberam que a transparência fiscal não é só um “big brother”,não é, de todo, uma casa toda feita em vidro, como no livro de que vos falei. Não e não. É uma transparência fraquinha, como aquela da casa de banho, na China, porque poucos se atreverão a usar. É uma falsa questão, pois quem tem pilim, não deixa o dinheiro à mostra. Quanto à maioria nem tem que se preocupar ou, pelo menos, não tem que se esconder das transparências inúteis!
 

Até à próxima.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Chic' Ana a 03.10.2016 às 10:57

Bom, essa casa de banho realmente é bastante estranha. Quanto ao resto, quem me dera andar agora numa roda viva a abrir n contas e a espalhar os meus 500.000€ por vários bancos..
Beijinhos
Sem imagem de perfil

De edite a 21.10.2016 às 22:34

É estranho e a mim não me apanham numa casa de banho em que se vê tudo:)
Beijinhos

Comentar post



foto do autor



Arquivo



Mensagens