Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Livro Pensamento

O Livro Pensamento

Dom | 27.11.16

Línguas-de-gato | O Lado Negro do Natal # 12

Fala-se muito do Natal, desde as decorações às prendas, as quais, por sinal, já se encontram debaixo da árvore de Natal. Os miúdos andam eufóricos a tentar adivinhar o que está dentro de cada embrulho colorido. É uma festa de cor muito bonita para os meus olhos felinos,porém, há sempre um porém ou um mas em cada conversa, esquecem-se sempre de embrulhar uma prenda para mim! Ok. Eu sou um gato. Ok. Às vezes, porto-me mal.No entanto, o espírito do Natal dos gatos disse-me que isso não importa nada, desde que eu ensine a família. E aprender é isso: ensinar a viver, apesar dos contratempos, das adversidades, da falta de dinheiro, ou do familiar, amigo ou vizinho que não gostamos. E também saber perdoar o gato que roí o cabo do computador, afia as unhas no cortinado, na cadeira ou no sofá..O que é que eu estou para aqui a dizer? Estou velhote e já não faço nada disto! 
A quem estivera ler, aconselho a que não percam a esperança nem o espírito do Natal. Enão digo isto para parecer bem na fotografia, digo com a convicção de quem não quero conhecer NUNCA o Krampus! Ele é tão feio e tão, tão mau! No dia em que assisti ao filme dele, estávamos, eu e os humanos, todos juntos no mesmo sofá,quentinhos e aconchegadinhos, mas eu passei o tempo todo aterrorizado. O Krampus, que é o oposto do São Nicolau ou do Pai Natal, é uma criatura semelhante a um demónio, com chifres e pés de Cabra, e ele pune as crianças que são más. Trata-se de uma lenda. Fiquei muito confuso, uma vez que li aqui que fizeram um estudo (brilhante!), no qual concluíram que acreditar no Pai Natal é prejudicial para as crianças, porque quando as crianças descobrem que não é real, deixam deacreditar no que lhe dizem. A lógica é: dizer a verdade, dizer que não existe o Pai Natal e depois? Mais uma vez um estudo incompleto, porque não analisaram a hipótese de que as crianças gostam da magia do Natal e dizer a verdade é não alimentar a esperança, esse sentimento tão importante para a vida dos humanos! E se revelarmos apenas o Lado Negro do Natal, ficamos muito tristes, como quandos abemos que é gasto o valor de 700 mil euros em iluminações só na cidade de Lisboa e que esse dinheiro daria para comprar muita comida para os humanos e para os animais abandonados nos canis, por esse país fora. O Lado Negro do Natal anda aí. Avisem-me se virem o Krampus. Estou escondido debaixo do sofá, mas não lhe digam nada!

1 comentário

Comentar post