Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Livro Pensamento

O Livro Pensamento

Línguas-de-gato | Surpresas e enganos # 17

Olá, sou nova por aqui. Isto é giro!!! Olá!!! Hãaaa, Olá!!! Está aí alguém? Miau?! Talvez se clicar deste lado. Tac Tac Tac...Olá!!! Aiiii, depressa. Tenho de desligar. Onde é que é? Vem aí o gato mal disposto e não posso falar mais. Adeus, gostei de falar um pouco (desliga).

Rsrsrsrsfufufufufufufufuuuuu. Desanda daqui, Pororoca! Já não há respeito nenhum! Quem te disse que podias usar este computador? Mau, miau!!! Chispa daqui!!! Esta gata está louca. Não se pode dar confiança. A mexer nas coisas da minha dona?! Bem, vamos ao que interessa verdadeiramente. Esta semana, passou muito rapidamente. Os humanos têm andado com muito trabalho e não tem parado nem para acender a lareira. Gosto tanto de estar deitadinho no sofá e olhar para o fogo. E só com a sua companhia sinto aquela paz caseira e leve. Por outro lado, eu não quero partilhar um momento desses com a intrometida da gaiata... Acho até que as línguas-de-gato não serão as mesmas! Há sempre uma presença (lá está ela, rsrsrsrsfufu) e fico nervoso e mal disposto! Não consigo dormir, sem ser com um olho aberto e outro fechado. Mas a minha cama, o meu prato e o cantinho no sofá são o meu território! Sem dúvida que tenho de ensinar as regras da casa e é uma pena eu não poder fazer um chichizito (já tentei mas a dona ficou muito aborrecida). É que não estou para ter surpresas tipo ovos kinder que aparecem não se sabe de onde e, embora com brindes, não arrisco a que me saia a fava. Oh, não!  Para cair em erro, como aquela senhora que rezava à estátua do senhor dos aneis julgando tratar-se de Santo António, teria que ser um santo gato. É, não gosto nada nem surpresas nem enganos, mau miau!

15 comentários

Comentar post