Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

No ano de 1937, a vida da família Sauvelle muda. O marido de Simone morre e esta decide deixar  Paris com os seus filhos, Irene e Dorian. Sozinha não tem outra hipótese senão aceitar o lugar de governanta em Cravenmoore.

 

O misterioso e simpático proprietário, Lazarus Jann, é fabricante de brinquedos mecânicos que têm vida própria, e cuida da sua mulher que padece de uma estranha doença.

 

O mistério das luzes em volta do farol de uma ilha, as descrições dignas de um filme de terror, que incluem a morte da jovem cozinheira, o suspense, a história de amor entre Irene e o pescador Ismael, são os ingredientes necessários para deixar o leitor preso e surpreso.

 

Assustador q.b.: a sombra que aterroriza e causa arrepios.

 

Citação: ”Vi muitas coisas que nunca julguei que pudessem acontecer…Há sombras no mundo, Ismael. Sombras muito piores do que qualquer coisa contra a qual tu e eu lutámos naquela noite em Cravenmoore. Sombras ao lado das quais Daniel Hoffmann é apenas uma brincadeira de crianças.S ombras que vêm de dentro de cada um de nós”.

 

Pensamento: A sombra do medo e do ódio existe?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



foto do autor



Arquivo



Mensagens