Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



250x.jpg

No início do livro, sabemos que está eminente a morte do professor, Morrie Schwartz, que sofre de Esclerose Lateral Amiotrófica (E.L.A.).  Morrie é uma pessoa extraordinária e bem disposta. Sabe que tem uma doença incurável, mas isso não o assusta. À medida que vai perdendo os movimentos, ele sabe que quando a doença atingir os pulmões será o fim. Ainda assim, Morrie continua a ver só as coisas positivas e importantes da vida.

 

O seu antigo aluno, 20 anos depois, Mitch Albom, jornalista desportivo, visita-o todas as terças-feiras, durante 14 semanas, e acompanha o evoluir da doença. Em cada visita Mitch regista as sábias mensagens de Morrie sobre a vida e a morte.

Estou na minha última viagem, e as pessoas querem que lhes diga o que hão-de pôr na mala.

 

"Às Terças com Morrie" fez-me chorar e questionar a minha própria sanidade mental, especialmente ao nível da oscilação de humor. Ao que parece este livro deveria vir acompanhado de um alerta, pois causa severas emoções. As minhas lágrimas, no entanto, lavaram-me a alma e, nas palavras simples de um professor de sociologia, revejo a lição de que é importante saber valorizar as coisas simples da vida.

 

Uma vez que é a vida que nos ensina, recomendo a leitura a quem goste da reflexão sobre assuntos sérios abordados de uma forma leve e com a pitada de humor de Morrie.

 

Classificação: 4/5

 

Quem tiver curiosidade também pode ver o filme :https://www.youtube.com/watch?time_continue=76&v=8j6k_I7nlKw

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor



Arquivo



Mensagens